quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Você já se viciou em decifrar códigos de barra?

Há 15 dias atrás, instalei um programa no meu HTC Hero, para brincar um pouco. Trata-se de um programa de leitura de código de barras. Nada de mais. No entanto, de uns dias para cá, tenho entrado em uma obsessão de ficar tirando foto de códigos de barra, até testar em um chamado QR Code. Quando vi um texto humanamente inteligível surgir daquele código, aí sim minha piração se completou, e passei então a procurar mais informações sobre ele.

Não foi para a minha surpresa que descobri que no Japão eles já utilizam isso há algum tempo para compartilhar informações como endereços, links, e-mails, ou qualquer tipo de informação que possa ser convertida em texto. É hoje uma febre no japão e certamente me cativou...



A onda ainda está longe daqui, mas poderemos pegá-la, em breve. Ler etiquetas de QRCode, para obter informação de produtos ou promoções, começa a ser possível em alguns lugares do mundo.

Por meio de variados gadgets, softwares especializados decodificam suas informações e revelam os segredos destas estampas de pontinhos negros.

Conhecia o padrão de identificação no mundo da automação comercial. Jamais podia imaginar que ele pudesse ganhar utilização mais interessante.

Os difundidos códigos de barras são extremamente úteis. Com a profusão de produtos e especializações seu poder de representação ficou limitado. Suas duas dimensões, com apenas 12 a 25 dígitos embutidos, se tornaram insuficientes.

É verdade que não são bem duas dimensões. Existe apenas uma, como uma linha, necessitada do auxílio da altura das barras, para permitir sua correta localização e decodificação. Mais uma dimensão poderia ajudar bastante...

O verdadeiro código bidimensional é o QRCode. O mapeamento de seu espaço dispõe de potencial informativo suficiente para muito mais representações. A utilização do novo conceito se tornou possível com a evolução das diversas tecnologias de imagem, desde a captura até o reconhecimento.

Prático e rápido, o sistema com softwares em celulares promove a especificação de produtos a um novo patamar. Imaginem a quantidade de detalhes nutricionais, de algum produto alimentício, disponíveis em uma pequena imagem, acessível a um simples clique do telefone, sem a necessidade destrinchar letrinhas minúsculas.

Ou então, as inúmeras utilidades em promoção e marketing para lojas, nas ruas ou shoppings, aumentando a interação entre consumidor e fornecedor. Além disso, a figura sem informação direta pode até decorar, ou virar item de estilo e estética.

Talvez demore um pouco sua chegada por aqui. Nem conseguiremos determinar quanto tempo a moda durará. Pode ser apenas o vírus da tecnologia, mas tem muita gente esperando para poder experimentar. Eu não vejo a hora...

Se achou interessante a brincadeira, vc pode usar o Google Chart para criar os Barcodes para você, usando Python. Dê uma conferida:

from pygooglechart import QRChart

# Cria um QR Code de 125x125px
chart = QRChart(125, 125)

# Adiciona o texto
chart.add_data('Hello, World!')

# Seta a correção de erros "Level H" em 1px de margem
chart.set_ec('H', 0)

# Download
chart.download('qr-hello.png')


Sobre o componente pygooglechart: http://pygooglechart.slowchop.com/pygooglechart/

Mais detalhes sobre a implementação do QR Code, em PHP: About Barcodes - QR Code: http://hem.bredband.net/aditus/chunkhtml/ch27.html

Sobre o Autor
é um afficcionado por tecnologia. Adora escrever sobre assuntos diversos como programação, misticismo, Rpg e qualquer assunto que desperte seu interesse.

Todos os comentários passam por moderação, ou seja, eles são lidos antes de serem publicados.

Não serão aprovados os comentários que:

* não sejam relacionados ao tema do post;
* contenham pedidos de parceria;
* possuam propagandas (spam);
* possuam link para divulgar seu blog;
* contenham palavrões ou ofensas a pessoas e marcas.

Contatos podem ser feitos pelo formulário de contato ou pelo e-mail.

Postar um comentário

1 comentários:

John disse...

Eu já havia visto isso há algum tempo. É bem interessante mesmo. =D

Ótimo post. Abraço.