Receitas do Campo - Frutas Cristalizadas

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009, 18:00 Eduardo Rolim 12 Comentários


Cristalizar uma fruta é impregná-la de açúcar, calda ou suco grosso (melado), de forma a secar e que possa ser conservada por um longo tempo. É uma técnica simples (mas requer paciência e tempo), podendo ser feita com toda e qualquer fruta. Podem ser consumidas ao natural, com creme de leite, com queijo, coalhada, em bolos, sorvetes ou enriquecendo saladas de frutas naturais.

Bananas Cristalizadas

bananas não muito maduras
água e açúcar para a calda
açúcar cristalizado para finalizar

Colocar as bananas inteiras em calda rala por 15 minutos. Escorrer em peneira e envolver as frutas em açúcar. Colocar ao sol para secar. Repetir a operação por 4 vezes.

12 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Receitas do Campo - Compotas

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009, 17:50 Eduardo Rolim 6 Comentários


Compotas são frutas em calda. Podem ser feitas para utilização imediata, colocadas em recipientes comuns, em geladeira. Mas a conservação desses doces, fora de refrigeração, exige armazenagem em vidros de boca larga, esterilizados, com tampas bem vedantes, também esterilizadas passando por um processo de pasteurização. Dessa maneira, com bastante higiene e pasteurização, esses doces poderão ser conservados, fora da geladeira, por período de tempo mais longo (um ano ou mais).

De acordo com o paladar, os doces poderão conter maior ou menor quantidade de açúcar. Hoje em dia, busca-se doce de melhor qualidade, com menos açúcar, ou com uso de adoçantes.

Diversas frutas se prestam para excelentes doces: goiaba, jaca, manga, limão, laranja, figo, carambola, mamão, caju, araticum, pêssego, abacaxi...

6 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Os cinco estágios da aceitação do Twitter

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009, 17:09 Eduardo Rolim 0 Comentários

Quem nunca passou por varios estagios antes de aceitar uma coisa que no começo você detestava? Eu mesmo passei por várias delas. Orkut, Gmail, MSN, Google ...

Pensando nisso, tou postando um texto engraçado sobre os cinco estágios da aceitação do Twitter. Engraçado que eu estou quase no caminho. Só não concordo em divulgar meus posts por lá. (Humm, vou pensar a respeito ...)


01. Negação:
"Eu acho o Twitter estúpido. Porquê alguém se importaria com o que outras pessoas estão fazendo agora?"

02. Presença
"Ok, eu ainda não sei o motivo para as pessoas gostarem, mas eu acho que devo pelo menos ter uma conta lá."

03. Aproveitamento
"Vou usar o Twitter para colocar links para meu blog ou para direcionar as pessoas para meu press release."

04. Conversação
"Eu não posto nada interessante, mas uso o Twitter para conversar diretamente com as pessoas."

05. Microblogging
"Eu uso o Twitter para publicar informação interessante para as pessoas e ainda converso diretamente com elas."

Originalmente daqui
.

0 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Ubuntu 9.04 Daily build inicializa em 21,4 segundos!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009, 14:44 Eduardo Rolim 0 Comentários

Fantástico, a softpedia publicou um artigo onde demonstra um testdrive do último build do ubuntu 9.04, onde diz que, utilizando o sistema de arquivos ext4 (em versão estável na última versão do kernel linux), dá boot em incríveis 21,4 segundos!

Link do artigo: http://news.softpedia.com/news/Ubuntu-9-04-Boots-in-21-4-Seconds-101885.shtml

0 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Receitas do Campo - Aproveitamento do Leite

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009, 17:38 Eduardo Rolim 2 Comentários

Como Pasteurizar o Leite

Podemos trabalhar na feitura dos queijos com leite cru ou pasteurizado (cozido). Trabalhar o leite cru já é uma prática comum entre os que fazem queijos nas fazendas.

Pasteurizar o leite deve ser uma prática nova, que vai garantir uma qualidade melhor do leite e isto não implicará em custos maiores para o produtor. No leite pasteurizado todas as bactérias ruins do leite são eliminadas permanecendo as boas.

Para pasteurizar o leite, através do processo de pasteurização lenta, basta seguir os passos seguintes:

Esquentar o leite em uma vasilha, colocando-a direto ou em banho-maria no fogão até atingir temperatura, de 65º C. Depois de atingir esta temperatura, manter nos 65 graus por 30 minutos. Para isto basta colocar a chama do fogão o mais baixo possível.

Depois dos 30 minutos, abaixar a temperatura do leite para 37 graus centígrados (37º C) o mais rápido possível, colocando a vasilha do leite em água corrente. Quando atingir a temperatura de 37º C, o leite estará pasteurizado e pronto para ser trabalhado.

2 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

DropBox - Armazenamento gratuito de arquivos

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009, 00:30 Eduardo Rolim 0 Comentários

Olha, estava vendo meus blogs de sempre hoje e vi no blog do Compulsivo um post sobre um site de armazenamento de arquivos chamado Dropbox, que achei bastante interessante.

Se levarmos em consideração que o Google Pages está com seus dias contados, essa solução vem bem a calhar. Eu não conhecia nenhuma outra opção grátis e fácil de usar para armazenar os vários arquivos utilizados pelo blog. Digo que essa dica do Compulsivo veio em excelente hora! Segue aí um pouco mais sobre o serviço ...




O Dropbox é uma ferramenta para backup remoto e sincronização de dados para linux, mac e windows. Ela oferece gratuitamente 2Gb de espaço para armazenamento dos seus arquivos. Como tem pouco tempo que descobri essa ferramenta, a versão para linux foi a única que utilizei até agora. Ela integra-se muito bem ao nautilus, tornando o uso da aplicação muito simples: basta copiar o arquivo para a pasta do Dropbox. Ele sincroniza automaticamente os arquivos com o servidor e com suas máquinas cadastradas se/quando elas estiverem online.

De quebra você ainda pode acessar os arquivos via interface web, além da aplicação possuir um controle de versões permitindo você recuperar uma versão antiga de um documento.

Isso me faz lembrar o Google Sites. Controle de versões para os arquivos é mara!

A aplicação possui um servidor central e possui parte de seu código fechado, assim não recomendo o seu uso para dados sensíveis mas, ainda assim, diante sua facilidade de uso, é uma mão na roda!

No mais, vc vai encontrar mais informações no post do Compulsivo, cujo link se encontra no topo desse post.



Ah, em tempo: no site deles você encontra os pacotes para o Ubuntu Intrepid (8.10) =D
Quick update on Linux support. Dropbox now officially supports Ubuntu 8.10 :-). The latest release (0.6.416) resolves the last of the Intrepid specific issues we know of. The Intrepid repository up and running and ready to add to your apt sources:

deb http://linux.getdropbox.com/ubuntu intrepid main
deb-src http://linux.getdropbox.com/ubuntu intrepid main

0 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

HTC Touch, impressões finais

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009, 09:25 Eduardo Rolim 4 Comentários

Bom pessoal, a maioria de vocês sabe bem que eu comprei há um ano atrás um smartphone com Windows Mobile para usar no meu dia-a-dia. De lá para cá, passei por vários entendimentos e desentendimentos com meu Touch. E hoje? O que eu faria? Eu voltaria para meu Samsung D900i.

A história é interessante. No final do ano passado, eu havia decidido que não esperaria mais para comprar um smartphone com o Android, e decidi então procurar um até poder comprar um com Android.

Desde então, comecei a estudar um aparelho que se adequasse às minhas necessidades, mas nenhum era completo. No meio dessas frustrações a minha paciência se esgotou, e eu resolvi partir para “comprar um só para quebrar o galho”.

Nesse meio termo, eu encontrei uma empresa chamada HTC que recentemente havia lançado um produto baseado no Windows Mobile, chamado HTC Touch.

No começo, eu fiquei meio intrigado com ele, mais depois fui me afeiçoando, mais do que estava pelo Android ou pelo OpenMoko.

Contrariei tudo o que eu sempre costumo falar para vocês que me enviam emails com dúvidas. Para piorar, cometi o erro de “pagar caro para pegar na hora”. No mês de dezembro acabei comprando o dito cujo.

O que mata no HTC Touch, é o fato de ele ser extremamente LERDO. Praticidade é tudo… tudo o que você não tem em um aparelho que engasga para executar a maioria das operações. O Windows Mobile também me decepcionou um pouco no quesito usabilidade, mas aí não é culpa do pobre do HTC...


De agora em diante, sem teclado QWERTY físico não dá.

Você pode baixar quantos teclados virtuais quiser, mas o Touch é lindo por ser minúsculo. Se o teclado for grande, você digita quase bem, mas não vê mais nada além do teclado na tela.

Enviar emails, postar no twitter ou digitar endereços no Opera Mobile são atividades complicadas de se fazer em movimento. Você precisa parar no meio da rua, e acaba chamando a atenção de todo mundo para o seu aparelho.

Quanto ao Android, até que eu tenha a oportunidade de testá-lo no dia-a-dia, tomo a liberdade de não incluí-lo nesta regra. Se você já usa um, diz aí se o teclado é prático.

O HTC Touch tem Windows Mobile 6.0! Isso é bom, não?

Você já tentou instalar o Windows Vista em um Athlon 1.3ghz com 512MB de Ram? Uma dica: não tente.

Na melhor das hipóteses o sistema roda, mas é um programa de cada vez. No caso do Touch, certos programas eu sequer consegui rodar, nem com overclock. O belo travava, e só retirando a bateria para resolver. Sem falar que, para usar o programa para tirar fotos, você precisa praticamente fechar todas as outras aplicações. Um saco.

Pelo menos o Windos Mobile sincroniza todos os dados do telefone com o PC.

Teoricamente sim, mas isto não é uma exclusividade do WM. Aliás, desconsidero completamente esta hipótese, após várias tentativas mal sucedidas de tentar sincronizar o Touch com o meu notebook com Windows XP.

Linux então? Até desisti de tentar fazer sincronia. Atualmente uso meu notebook somente para carregar as baterias do Touch. Qualquer transferência de dados faço usando o adaptador de cartões MicroSD. É mais rápido e mais prático.

O Touch é um excelente player musical

Sinceramente, meu D900i era muito melhor!!

Eu sempre usei meu celular como player digital, e logo que comprei meu HTC, tratei de equipá-lo com um cartão de memória de 1GB. Depois de um tempo, comecei a notar que ouvir música nele por mais de uma hora me dava dor de cabeça. Já tinha ficado claro para mim que os fones originais eram meia-boca, mas só depois de outros testes fui constatar que era pior do que eu pensava.

O som é bem agudo, e escutar música com o volume um pouco mais alto (necessidade quando se está dirigindo a moto ou em locais movimentados), me dá a sensação de estar enfiando uma agulha no ouvido.

Até comprei um adaptador para usar outros fone nele, mas paguei caro e ainda por cima o adaptador estourou depois de uma semana de uso.

Os controladores físicos de volume, e de troca de faixas do Touch também não funcionam se o aparelho estiver em stand-by. E ouvir músicas sem colocar o aparelho em stand-by, é pedir para drenar a bateria em poucas horas.

Aí você que escolhe entre ficar tirando o aparelho do bolso e correr o risco de ser roubado, ou simplesmente não usá-lo porquê a bateria acabou durante a viagem.

Sem contar outra coisa: Quer usar algum toque personalizado para mensagens ou para despertador? Desista. Eu já tentei de tudo para fazer meus mp3 servirem de toques de mensagem ou de despertador, mas nada resolveu meu problema.

Outra coisa interessante. Depois de vários anos usando meus celulares como players de música, foi só com o Touch que me veio a idéia de comprar um MP3/4/5/6/7/8/9 Player em separado. Veja só !!

Concluindo

O HTC Touch ainda é um pouco caro para a potência do aparelho. Sei de gente que vive muito bem com o ele, e o indica. Eu diria que ele é um aparelho de entrada para o mundo dos SmartPhones, mas é um pouco caro demais por ser de entrada.

Não aconselho a compra se você é (assim como eu) um pouco mais exigente.

Se fosse hoje, eu provavelmente teria optado por esperar o lançamento do HTC G1 (Android) ou pelos celulares da Samsung (Meu preferido: i8510 INNOV8), por conta da boa experiência que tive com os D500, D600 e D900i. Tarde demais.

Dizem que não é uma boa idéia fazer compras quando se está com fome. Pura verdade.

P.S.: Nada contra Bia, mas lutei muito tempo pra aprender a gostar do meu Touch, mas decididamente não foi dessa vez que eu me senti bem com meu aparelho. Vc se deu muito bem com o seu, mas eu não me senti totalmente feliz com o meu, tanto que estou até tentando comprar novamente um D900i ou um INNOV8 daqui para o final do ano.

Só para não frustrar quem veio aqui procurando sobre funcionalidades para o Touch, aqui vai o link do blog da Bia, o Garota sem Fio, que trata sobre tecnologia.

4 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Receitas do Campo - Desidratação Solar de Frutas

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009, 17:07 Eduardo Rolim 3 Comentários

"O Sol é a Fonte Vital em nosso Planeta Vivo."

A energia solar é abundante, inesgotável , gratuita , não poluente e na forma de calor e luz pode ser útil na desidratação de alimentos...frutas, legumes, sementes...

Desidratar quer dizer: secar, tirar água, extrair água de um produto. A desidratação ou secagem solar, nas regiões trópico/equatoriais, é um método simples, natural, saudável e econômico de conservação de alimentos. É uma ecotécnica ambientalmente equilibrada, porque não consome recursos naturais. É apropriada, principalmente, a pequenos proprietários rurais de economia familiar. É, também, considerada uma tecnologia adaptada ao desenvolvimento sustentável, diversificando atividades e produtos, agregando-lhes sabor, durabilidade e valor, sendo de baixo custo de implantação e operação, aproveitando os excedentes de produção nas safras, conservando-os para épocas de entressafra e/ou épocas de escassez. Neste sentido, ganha o pequeno produtor que beneficia os seus produtos, conseguindo maior prazo de validade, evitando atropelos de comercialização, podendo explorar mercados mais distantes, onde determinadas frutas inexistem.

A fruticultura é apropriada à agricultura tropical ecológica por constituir cultivos permanentes, admitir consórcios (banana, mamão, abacaxi, cana-de-açúcar, algodão, café, guandu, milho, ervas aromáticas e plantas medicinais...) em níveis e de multi-extratos, diversidade biológica, sustentabilidade sócio/ambiental...

As frutas são alimentos de alto valor nutritivo, adequadas em dietas leves e energéticas. Jacas, mangas, cajus, caquis, maçãs, mamões, bananas, abacaxis, uvas, ameixas, figos, pêssegos... Tudo pode ser conservado com a desidratação.

3 Comentários:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)

Sobre Formigas e Complexidades do Mundo

quinta-feira, 1 de janeiro de 2009, 11:46 Eduardo Rolim 1 Comentários

Para o final do ano, preparei esse texto, pego de um site (que está citado no rodapé do post) sobre como alguns animais conseguem ser altamente adaptáveis em grupo. Excelente leitura.

Formigas, abelhas e aves nos ensinam a lidar com a complexidade do mundo.

Sempre achei que as formigas sabiam muito bem o que faziam. Quando marcham de um lado para o outro no balcão de minha cozinha, elas parecem tão confiantes que nunca me passou pela cabeça que não tivessem um plano, nem sabiam para onde iam e o que era preciso fazer. Afinal, se não soubessem, como poderiam organizar rotas, construir formigueiros complexos, montar ataques épicos?

Agora sei que estava errado. As formigas não são, no fim das contas, pequenos e brilhantes engenheiros, arquitetos e soldados - pelo menos não enquanto indivíduos. "Se notarmos uma formiga tentando fazer algo sozinha, ficaremos impressionados com sua estupidez", diz a bióloga Deborah M. Gordon, da Universidade Stanford.

1 Comentário:

Todos os comentários serão moderados (lidos e avaliados) antes de serem postados. Não serão tolerados comentários que:

- Contenham ofensas pessoais ou difamação contra qualquer pessoa ou marca.
- Declarem ou incentivem o racismo ou qualquer tipo de preconceito.
- Possuam links de comércio eletrônico, conteúdo adulto ou divulgação de qualquer site.

Sua opinião é sempre bem vinda e dúvidas serão esclarecidas na medida do possível. :)